Noite de terror!


Foi assim a noite que passou!

Na semana passada a Flor começou a passar mal as noites, acordava meio chorosa e eu pensava que era dentes ou alguma má disposiçao, porque nickles de febre ou qualquer outro sintoma e durante o dia andava óptima. Faz hoje uma semana, quando a fui pôr à ama, verifico que está com sangue num ouvido e liquido fedorento no outro. À tarde quando saí do trabalho fui logo com ela ao Hospital onde foi vista por um otorrino e lhe foi diagnosticada uma otite viral. Andei a fazer o tratamento prescrito (umas gotas, um creme e um anti-histamínico), a miúda nunca deu sinal de dores, apenas se coçava como se fosse um cao sarnento no pior estado.

A comichao era da otite claro, mas também era do eczema que ela tem na cabeça (que agora se espalhou pela cabeça toda), lembram-se de vos ter falado da crosta que ela tinha no centro da cabeça que eu pensava ser crosta láctea? pois bem é um eczema e aquilo dá comichao que se farta.

Pois na segunda feira foi dia de finalizar o tratamento aos ouvidos, mas como o eczema alastrou eu fui novamente ao médico, desta feita ao centro de saude, que andava a acompanhar o maldito e pedi-lhe para ver tembém os ouvidos, visto que ela no caminho para lá tinha feito sangue na orelha a coçar-se (e tinha as unhas cortadas rentes).

Resultado: Loçao com cortizona para espalhar na cabeça e cortizona em gotas para tomar, a juntar ao creme com cortizona que ela já mete no corpo. A isto minhas amigas se chama ECZEMA ATÓPICO.

Ela sofre deste mal e foi sempre a única maleita da minha filhota até hoje (é mesmo atópica). Graças a Deus, tem quase 14 meses e nunca necessitou de um antibiótico ou anti-inflamatório (sempre muito saudávelzinha). Mas na pele tem sido uma desgraçada, e para piorar os tratamentos dos cremes e afins sao caríssimos (de uma pessoa se atirar da ponte) sendo que muitos nem têm comparticipaçao (às vezes quando vou comprar os ditos até me ri-o, que é para nao chorar). É assim um gastar dinheiro que nao vos digo nem vos conto.

Esta noite, estava tudo muito sossegado lá em casa, de madrugada começa novamente a choramingar. Derrepente começa numa gritaria como eu NUNCA, mas é que NUNQUINHA tinha visto a minha filha a fazer. A miuda agarrava-se à cabeça e gritava o mais que conseguia, nem queria que eu lhe tocasse. Sinceramente...entrei em pânico.

Às vezes conseguia pegar nela e ela encostava a cabeça ao meu peito a soluçar, mas passados uns segundos lá começava a gritaria. Peguei no frasco do Benuron enchi a colher quase até vazar para fora e com alguma dificuldade enfie-o na boca dela (supositórios estavam fora de questao porque a minha filha contorcia-se todinha). Entendi, pelos intervalos de segundos que ela parava de chorar, que só podia ser dos ouvidos e já desesperada meti-lhe nos ouvidos as gotas do tratamento que ela tinha feito na semana passada.

Ali já nao podia fazer mais nada, apenas segurá-la contra o meu peito, confortá-la e mostrar-lhe que a mama estava ali com ela, ao mesmo tempo que continha as minhas lágrimas, os meus gritos e o meu desespero. Era a minha filha que estava a sofrer como eu nunca tinha visto, e eu nao me podia ir abaixo, nao queria que ela visse o meu desespero, era melhor sentir uma mae que estava segura.

Mas qual quê, eu nao estava nada segura, segura eu só estava pela cama que nao me deixava cair no chao, de resto só pensava: "ai ai, o que é que eu faço", "tenho de levá-la ao hospital.", "como a levo ao hospital assim?", "ai ai, ai ai, deixa lá ver", "ai ai, ai ai..." mas com o passar dos minutos, os intervalos entre o choro e os gritos foram diminuindo até ficarem só os soluços do choro. As dores acalmaram, a Flor também e depois de uns longos gemidos dormiu.

Eu deitei-a e deitei-me também. Eu tremia que nem varas verdes, mas lá adormeci. A menina passou o resto da noite em verdadeiro contorcionismo, mas sempre a dormir. De manha esteve sempre bem disposta (mas só depois, é claro, daquele 1º mau humor matinal natural dela de todos os dias).

Para prevenir dei-lhe uma colher de benuron antes de sairmos de casa e lá fomos nós para a ama. Foi contentíssima o caminho todo, como se nada se tivesse passado. Eu também ,apesar de tudo, estou aqui bem disposta. Se a minha filha que sofreu na primeira pessoa o terror das dores enfrenta o día com sorrisos e gargalhadas, quem sou eu para me ir abaixo.

Logo, mesmo que ela continue bem, vou passar com ela de novo no Centro de Saúde para lhe verem os ouvidos. O médico tinha-me dito que a cortizona em gotas que lhe estava a receitar para o eczema, consequentemente, lhe ia fazer bem tb aos ouvidos, caso o outro tratamento nao tivesse resultado na totalidade. Sei que comecei apenas ontem a dar-lhe a dita, mas fogo...nao quero voltar a ver a minha menina a sofrer daquela maneira. Que terror!


11 Meiguices:

Cresce barriguita...cresce!!! disse...

xiça amiga...ate a mim me estava a custar so de ler....imagino o teu sofrimento...possas!!!
Acho que nao há dor mais forte QUE VER UM FILHO SOFRER!!!
Sei que foste uma verdadeira Heroina a tentar conforta-la o melhor possivel!!!
Espero q ela melhore rapido tadinha!!
mil beijinhus amiga linda

Isa disse...

Mas que raio amiga, coitadinha da Florzinha, imagino as dores dela. Não hesites em ir ao médico porque a Carolina anda a ser seguida por um otorrino de 6 em 6 meses porque já estava a perder audição por causa das otites.
Beijinho e as melhoras.
Isabel

Ce.Oliveira disse...

Bolas..
Ate fiquei nem sei como...
fizeste tudo muito bem...principalmente nao teres demonstrado a tua inseguranca para a menina seria pior...
Vai o quanto antes nao me parece nada normal isso!!!
As melhoras para a Flor
...
Beijinhos

Lipa disse...

Bolas, até fiquei angustiada com este post. A dAlila também anda com a pele a "estragar-se" e tem sido o cabo dos trabalhos para acertar com os cremes indicados. Ainda ontem foram mais 21 euros para uma nova loção de banho e um creme de corpo. E acho que ainda não é desta...
Espero que a próxima noite corra melhor e que o tratamento seja eficaz, tanto para a cabeça como para o ouvido.

Maria José disse...

Amiga não fazia ideia tadinha da minha sobrinha linda e puxa imagino o teu sofrimento eu sei bem o que é.
As melhoras rápidas para ela e se precisares amiga diz qualquer coisa
bjokas

Sonhadora disse...

Coitadinha da Flor!
Até faz impressão ler o texto!!! Espero que melhore rápido....
Jokitas

MarGui disse...

meu deus, foi mesmo uma noite de horro, imagino o teu desespero ao ve-la assim, ainda bem que o ben-u-ron fez efeito. Mas porque será que ela ficou assim, será da otite ou do eczema?
beijocas

Drikas disse...

Ai amiga, que desespero!!! Acho que desatava a chorar na tua situação.. As melhoras para a minha sobrinha preferida ;) Bjokinhas grandes

Paula Oliveira disse...

Uiii nem quero imaginar o desespero o teu e o da pequena Florzinha! É uma angústia enorme vermos os nossos amores pequeninos a sofrer e não sabermos nem podermos fazer grande coisa... mas de facto estes pequenos seres dão-nos verdadeiras lições de vida, é admirável como conseguem, depois de uma noite dessas acordar bem dispostos e passar o dia a rir...

Beijos e as melhoras!!

O Santiago Maria da Mamã... disse...

Ao ler-te fikei logo com o coração apertadinho pa ir pa junto do santi...k sufoco linda!!!ainda bem k já tão bem!

AnA disse...

Oh linda mimar muito é o que nos resta, para que eles sintam que podem contar connosco! Tadinha da Flor, espero que isso passe bem rápido! bjinhos bons!