Diferenças e... já Gatinha

Pronto, é oficial desde ontem que a Flor já gatinha e para a frente...com alguma dificuldade e estranheza, mas lá vai andando, é o que eu digo fez 10 meses e agora acontece tudo, sao umas atrás das outras.
(como nao há ainda fotos aqui fica uma dela, nao a gatinhar mas a rastejar).






Agora vejam lá se conseguem descobrir as diferenças (as priminhas Raquel Prata e Flor Prata nascidas com 15 dias de diferença)...


(tao lindas, cabiam as duas na mesma alcofa)









Aqui as mesmissimas primas Prata, com os mesmos 15 dias de diferença mas 7 meses depois...

("Flor nao grites que assustas a prima....")








Pronto tinha de fazer das suas....

(" OH FLOR...NAO ARRANQUES OS OLHOS À PRIIIIMAAA")








Sua marota....

Beijocas e bom fim de semana.

Adeus!!!


Nao minhas queridas, nao me vou embora (nem podia pensar em deixar este cantinho, o sitio onde eu me farto de ser mimada por vocês que me visitam e deixam sempre um comentáriozinho a lembrar que somos amigas de todas as horas).

Mas hoje foi com um adeus que a minha filhota me presenteou quando me vinha embora da ama. Todos os dias a ama vem com a Flor à porta despedir-se de mim e eu vou fazendo-lhe adeus enquanto desço as escadas mas nunca recebi resposta...até hoje minhas lindas, só até hoje.

Como estava à pouco a comentar um lindo post da também linda mama da Lulu Bochechas, quando pensamos que nao podemos amá-los mais heis que de dia para dia amamos mais e mais e mais e eu sinceramente nao sei como isso é possivel, mas acontece.

Chego à conclusao que o amor nao tem mesmo limite de tamanho... é enorme e nao pára de crescer. Aguenta coraçao!!!

Eu e tu.... OBRIGADA filha!!!

Já recebi as minha prendas de Natal. Nem sei que vos diga, este foi um fim de semana em GRANDE e cheio de progressos, uns atrás dos outros.

Desde quinta-feira à noite até terça de manha que eu e a Flor nao nos separámos e foi uma maravilha. Foi um fim de semana mais do que prolongado e nem eu imaginava o que vinha por aí.

Para começar ela portou-se excepcionalmente bem, com a comidinha nao me deu problemas absolutamente nenhuns. Comeu sempre TODAS as refeiçoezinhas, tudo sempre nas horinhas certas e sem pestanejar. Todos os dias "pedia" para fazer a sesta da tarde quase sempre à mesma hora com a duraçao de 2/3 horinhas (dava para eu fazer muita coisa nesse entretanto) e fizemos esta rotina todos os 4 dias. Parecia que estavámos em perfeita sintonia e a Florzinha parecia um relógio. Acho que a persistência se transformou em rotina, compensou portanto. Foram 24 sobre 24 horas perfeitas. Brincámos, rimos e passeámos.

Na sexta feira comecei a notar que cada vez que a Flor ouve musica começa a dançar aos pulinhos com o tronco, fartei-me de rir porque assim que começa uma musica na televisao de um anuncio ou filme ou qualquer outra coisa, desde que tenha ritmo, ela dança. Parece uma pulguinha sentada, é fartar de rir.

Nessa noite recebi a melhor prenda de Natal. Estava eu na minha cama a brincar com a Flor: eu punha a chucha dela na minha boca (sabem? aquela que ela nao quer ver nem pintada) e ela tirava-me e jogava fora. Uma das vezes decidi fazer que estava a chorar e nem acreditei na reacçao dela. Pois a Flor estava sentada à minha frente, quando me viu a "chorar" abriu os bracinhos e encostou a cabecinha ao meu peito. De inicio pensei que ela se tinha desiquilibrado, mas quando voltei a fazer a reacçao foi sempre a mesma. É de uma ternura que eu nao sei explicar. Foi uma reacçao natural dela, ninguém lhe ensinou a fazer aquilo eu fiquei pasmada. Sinceramente estou EN-CAN-TA-DA. Onde é que eles aprendesm estas coisas meu DEUS???

No Domingo à noite veio outra penda assim docinha. Novamente na mesma cama, a brincar com a pulguinha, heis que ela faz o biquinho do beijo e solta o som tipo: PLOC. Bem, desmanchei-me a rir, fiz-lhe uma festa termenda e agora peço para fazer beijinho e lá poe ela o lábio de baixo para dentro, um bocadinho de boquinha de peixe e...PLOC! Um must....

Outra novidade é que já se consegue pôr ganchinhos no cabelinho fininho da Flozinha, olhem só:



Fica linda nao fica? Até que enfim posso pôr os milhentos ganchinhos Hello Kitty que tinha guardados... já se aguentam.

Este fim de semana lá andámos nós a passear de botinhas de pêlo e ganchinhos.


Outra coisa que fizemos foi a àrvore de Natal, mas quem nao aprecia muito àrvores de Natal é a Flor. Tem muito medo, mas ela é corajosa e a pouco e pouco lá se vai chegando para tocar nela. O efeito da luzes nao foi o esperado por causa do medo, para o ano será melhor (ihihihih).

Mas há mais..., na segunda-feira, quando fomos ao supermercado, dei-lhe um belo pedaço de queijo a experimentar, pois a pulguinha comeu-o todo, mesmo sem dentes marchou tudo e ainda repetiu mais duas vezes.

Pode nao parecer muito, mas achei este fim de semana cheio de progressos. Ela tem 10 meses e é nesta altura que estou a sentir os progressos dela a acontecerem depressa. Todos os dias me presenteou com pelo menos uma novidade. Foi bom... foi óptimo. Tou mesmo babadona, confesso.

Obrigada Filha!!!!

À pouco tive oportunidade de deixar um comentário de parabéns à quase mama Liliana, que faz aninhos hoje (PARABÉÉÉÉÉNNSSS LILIANA) e é bem verdade, a Flor enche-me a casa, a vida e a alma.

Às minhas queridas amiguinhas que me visitam um sincero pedido de desculpa por estar tantos dias ausente, eu vou passando aqui e nos vossos cantinhos, mas o trabalho tem apertado e o tempo é pouco para escrever. As minhas desculpas e um beijao de agradecimento pelos miminhos que me deixam que eu adoro.

(Olhem por falar em miminhos, Drikinhas obrigado pelo miminho do Sonho, nao está esquecido vou fazê-lo assim que tiver mais um cadinho de tempo... entretanto ficou e tá guardadinho no meu coraçao... obrigada amiga).

Insólito...ou talvez nao!

Estes sao alguns dos brinquedos que a Flor tem:










giros, nao sao?

mas estes sao os com que ela prefere brincar:












Insólito? Talvez nao, hoje ao falar no messenger com a mama do Santiago (a minha amiga Mafaldinha) dei-me conta que a Florzinha nao é a única. Mas uma coisa é certa, a minha filha parece um ponto de reciclagem, adora frascos e garrafas vazios, já para nao falar em colheres, a caixa dos dodots e nao posso esquecer referir o saquito dos dodots quando estes terminam (dá distraçao para pelo menos 30 minutos). Assim que eu tenha comprado dalí, de proposito para ela , só mesmo o biberon e o patinho de borracha.

Vai sair-me baratinho este Natal, já estou a imaginar:


Eu - O que queres para o Natal filha?
Flor - Um frasco vazio do gel de banho, uma garrafa vazia diferente da que eu já tenho, um tubo de creme vazio (pode ser o das fraldas), uma colher das de sobremesa, o frasco do shampoo e uma tuperware... também gosto de tachos mas tu nao me deixas mexer.
Eu - Ok filha, vou ali ao ponto de reciclagem fazer "compras" já volto.

No fundo só irei gastar dinheiro no papel de embrulho (e se for a um hipermercado, nem isso gasto, pois agora os embrulhos é "faça você mesmo"). Tenho uma filha muito económica, e, amiga do ambiente nao hajam duvidas.

Bem vez de me queixar, o melhor mesmo é aproveitar. Aproveitar enquanto ela nao entra na onda dos Nenucos, das Bratz, das Barbies, etc e tal.

Opá mas que é um nadinha frustrante é...