O Preço Certo!!! (neste caso o programa CERTO)


Esteja onde estiver a fazer seja o que for, quando começa o Preço Certo na RTP1 PÁRA TUDO, NAO MEXE E NAO RESPIRA.

Aaaaaiiiii o que a minha Florzinha gosta de ver o gordo pá! Assim que começa o programa lá vai ela pôr-se à frente da televisao, completamente estática. É vê-la a bater palminhas quando o público bate palminhas e quando é a altura de girar a roda é a euforia total, é a verdadeira loucura.

Posta esta situaçao, eu aproveito essa altura para lhe dar o jantar. Ela está tao entertida com o gordinho, que come sem refilar...e marcha tudo o que lhe der.

Qual desenhos animados qual carapuça, o gordo é que é giro!

(Ai que bom que seria se houvessem DVDs do programa, às vezes davam-me um jeitaço)

A cadeira!

O fim de semana passou-se!
Desde ontem que estou com uma neura desgraçada, sinto-me agoniada, angustiada eu sei lá. Perdoem-me a expressao mas o dinheiro (vil metal) é uma M***a. Este mês vai ser duro, apresentou-se-me tudo para pagar ao mesmo tempo, já fiz contas e mais contas e nao há meio deste mês o conseguir fazer esticar. Queira Deus que o mês de Abril passe num instantinho, ou entao que a Segurança Social me pague certinho este mês TUDO o que nao me tem pago nos últimos meses, já me ajudava bastante.

Falando de coisas mais animadoras como por exemplo a Flor. Pois agora a Miss apaixonou-se por uma cadeira que a ama tem lá no quarto das brincadeiras. É uma mini cadeira de criança normalíssima, mas tem uns apoios para os braços o que evita que eles caiam para o lado (os mais bebés como a Flor). Desde quinta feira que sempre que a vou buscar à ama a miss está sentadinha na cadeira a dar aos pézinhos, parece uma senhora. Para tirá-la de lá é que sao elas, abre-me a goela e grita como gente grande. O pior é que aquelas cadeiras foram feitas por encomenda.

Na sexta feira foi-me novamente aos gritos até chegar ao carro e receber a bolachinha de água e sal (ai a santa bolachinha). A cena foi tao grande que a ama até me perguntou se eu queria levar a cadeira, mas eu lá ia agora trazer a cadeira? vinha a chorar, azar...em alguma altura havia de se calar.

Mal vai se eu lhe começo já a fazer as vontades todas, mas à noite partiu-se-me o coraçao. Entao nao é que a dada altura fui dar com ela sentadinha em cima do Cubo Falante da Chicco tal e qual como se aquilo fosse um banco ou uma cadeira???? Opá fiquei assim como sei lá...pensei "a míuda quer mesmo uma cadeira". Ficou decidido logo ali naquele momento que ia comprar uma cadeira para a Flor. Pensei até foi numas mini poltronas que vi à venda algures, mas já nao faço ideia onde.

No sábado à tarde fomos beber café com o papá e passámos numa loja onde vendem de tudo, pensei que tinha visto isso lá, mas afinal nao. Já ia para casa (limpar e arrumar) quando me liga uma amiga que já nao vejo à imeeeenssoooo tempo, se eu queria ir até casa dela. Decidi entao que melhor, era irmos as três à procura da mini poltrona. Assim em vez de irmos para casa, lá rumamos nós a buscar a tia Ruth, todas mal amanhadas (porque nao era nossa intençao ir sair) correr seca e meca à procura da mini cadeira ou poltrona.

Corremos lojas, Foruns, hipermercados enfim... até o automóvel já estava cansado. Mas a Flor portou-se às mil maravilhas, nao fez uma birrinha que fosse (se calhar sabia que eu andava à procura da cadeira). Tendo em conta que nem dormiu nessa tarde eu diria que foi um verdadeiro milagre.

Chegámos às 19h00 estávamos rotas e cansadas as três e ... sem cadeirinha ou poltrona. Demos de caras com um Starbucks no Forum e, depois das lavagens cerebrais da Pati (mae da Corocha), da Mafalda (mae da Borboleta) e da Inês (mae da Leonor) com os Caramelos Macciato, este teve de ser paragem obrigatória. Eu como nao posso beber café tive de optar por um Fratuccino (axo ké isto) de caramelo e estava uma deliiiiciaaaaaaa. Para repetir portanto, obrigada pela dica amigas!!!

Eram quase 20h00 quando encerrámos as buscas à cadeira e marcha para casa que se fazia tarde. Mas eu nao desisti e hoje encontrei isto no site do IKEA:Mais bonita até do que a que está na ama! Nao é uma poltrona, mas acho que ela vai adorar. Hoje ou amanha lá vou eu largar 15,81€ pela dita... mas ela merece o esforço (e que esforço vai ser sim).

Se a mama te comprar a cadeirinha, deixas a mama se sentar aí no lugar dela no sofá????












E já agora, deixas de comer o Halibut que é para meter no cu e nao na boca??? Deixas??? Entao a mae compra...

Pimba!!!

Ontem estávamos na sala, de cortina toda aberta para entrar o solinho e lá andava lá a Flor a limpar-me o chao (entenda-se por gatinhar) de um lado para o outro e eu disse assim, "ai, ai, ai que a mae vai-te apanhar" e a maluka sempre que eu digo isto foge que nem uma doida (entenda-se por gatinhar a uma velocidade vertiginosa) a rir-se. Eu faço que vou a correr atrás dela e nao é que a gajita com a gana de fugir vai contra a janela da varanda da sala... assim, a alta velocidade sem direito a travagem nem nada? PIIIIMMMBAAA.... deu cá um cabeçadao que até ficou sentada. Eu olhei para ela e comecei-me a rir e ela entrou na minha e começou a rir-se também, mas ficava a olhar lá para fora e para dentro sem perceber o que lhe tinha acontecido. Realmente os meus vidros devem de estar muito limpinhos... se calhar limpinhos demais.


Calma amigas, ela tá óptima, nao ficou com galo e o vidro nao partiu (nao sei como), para que nao fiquem duvidas aqui ficam os momentos Kodak de hoje de manha à porta da garagem:

Vêem? nadica de galos na cabeça.

Um beijinho especial da para a tia Caty, maezoca da Gabriela que ofereceu esta fatiota à Flor (tem um casaquinho azul escuro, mas tá caloriiii e nao o vestiu).

Muitas beijocasa a todas e BOM FIM DE SEMANA!!!

Monstra das bolachas!

Curiosidade: A minha filha é uma doida por bolachinhas de àgua e sal (tao económica, tao querida). Se a querem ver quieta numa viagem de carro é ir-lhe dando bolachinhas pelo caminho (daí eu andar sempre com um pacote na mala). Pode-se dizer que é uma verdadeira Monstra das Bolachas, come todas as que apanhar nao falha uma. Olhem e enquanto vai a comer bolachas nao vai a fazer disparates, como se descalçar, puxar as linhas do forro da cadeirinha ou arrancar as instruçoes desta, nao arranca os tapa-sol do vidro, nao mete os sapatos na boca e... nao chora, nem nao faz birras!

É boa a bolachinha né filha?? (ai e tao económica)
Mais bolachinha, menos disparate...

pois eu sei..
mas nao largas a bolacha nem que a vaca tussa né mori???

Quem disse que disciplinar uma criança é fácil?

Oh valha-me o meu santo Deus! Pois agora nao posso ralhar com a Madame Flor que ela poe-me a boca toda virada para baixo, fica com os olhos cheios de água (mas nao deixa cair uma lágrima) e assim fica uma data de tempo a olhar para mim.

Quase que choro eu, a minha vontade é agarrá-la beijá-la e apertá-la muito muito, mas...nao poooosssoooo, aiiiiiiiiiii....

Dantes quando ela fazia disparates eu dizia "na na na na na" e ela parava imediatamente e nao voltava a fazer, agora a sardanisca já experimenta a segunda vez... e o segundo "na na na na na" já vem acompanhado de um ralhete e ela faz-me aquilo e o meu coraçao chora.

Hoje de manha já estava ela, como de costume, a tirar o elástico do cabelo, eu disse nao mas a menina voltou a puxar, veio entao o ralhete e pronto: boca em baixo, olhos cheios de água e olhar de carneiro mal morto e nao passa disto durante uma data de tempo. É tortura mas eu nao vergo (por fora, porque por dentro pareço um farrapo)!

No caminho ainda ia sentida comigo e hoje foi assim o percurso todo, agarrada ao biberon sem dizer um ai:
Quando chegámos à porta da ama ela arrebitou, aiii mas eu ainda estou aqui com o meu coraçao apertadinho que quase me falta o ar...mas tem de ser.

14 já lá vao!

Aaaaaaaiiiii nestes dias eu devia meter baixa psicológica...é que dá uma nostalgia cá dentro que faz do-doi...


PARABÉÉÉNNNSSS FILHA!

Supermercado

Sábado é dia de limpezas e ...de comprinhas no supermercado (nao sao definitivamente as minhas preferidas mas tem de ser).

Agora a Flor já se aborreceu de andar naquela parte do carrinho para as crianças, o que ela quer mesmo é andar no meio das compras a verificar preços e datas de validade:


Tá tudo aprovadinho filha??? Podemos ir pagar a dolorosa????



Boa, bora lá entao!!!

Desenvolvimentos

A Mafaldinha que até tem as ideias dela bem alinhavadas relativamente à questao de colocar a Borboleta na Creche agora que tem 4 meses ou só quando a pequenota tiver 10, ficando até lá com ela em casa hoje, deu-me que pensar (Obrigada Mafalda, penso logo existo!).


Eu sou sincera: acho que isso é uma opiniao pessoal de cada um, porque ambas as opçoes têm coisas positivas e negativas. Mas se eu tivesse tido a oportunidade de ficar com a Flor mais tempo em casa nao teria pensado duas vezes.

A Mafalda leu numa revista feminina o seguinte: "estudo britânico conclui que crianças até aos 3 anos de idade ficam mais aptas em creche do que com os avós, ao contrário do que se pensava" e a educadora de uma creche que ela visitou disse-lhe qulaquer coisa do género que pôr a Borboleta lá com 4 meses era melhor para o seu desenvolvimento cognitivo e psicomotor etc, etc.

Eu nao duvido nem um bocadinho que uma criança em contacto com outras poderá ter um desenvolvimento mais rápido, porque é o poder da imitaçao a funcionar (foi assim que a madame Flor começou a gatinhar). Mas será assim tao importante que o nosso bebé se desenvolva depressa? Olhem eu nao tenho pressa nenhuma... deixo-a crescer ao sabor do vento, dou-lhe estímulos qb.

Cada bebé é um bebé, uns têm a capacidade de interagir e aprender mais facilmente que outras independentemente de estarem no infantário ou com a mae ou avós.

Cada bebé tem um ritmo, a minha por exemplo tem um ritmo lento (sai à mae) em relaçao a muitos bebés que vejo nos blogues, ela começou a gatinhar à pouco tempo, também só à pouco tempo se começou a pôr de pé na cama, enfim uma data de coisas que vejo outros bebés a fazerem mais cedo...mas acham que isso me deixa triste??? NADA, absolutamente NADA!

Eu AMO de paixao ver cada desenvolvimento da minha filha, e é sempre uma festa lá em casa a cada novidade, mas pressas nao existem.

Eu faço o meu papel: brinco diáriamente com ela, compro-lhe briquedos que a estimulam, vou-lhe tentando ensinar as coisas no dia a dia mas deixo ela se desenvolver ao ritmo dela, nao pressiono e nao fico nada triste ou desiludida se ela ainda nao faz isto ou aquilo como este ou aquele. Nao faz há-de fazer.

Resumindo: eu separei-me da Flor aos 3 meses e meio porque teve de ser. Sempre tive e continuo a ter na minha ideia que o ideal seria ter estado com ela durante todo o primeiro ano e iniciá-la numa pré-socializaçao após esse tempo nao estaria a iniciá-la tarde. Se tivesse tido a oportunidade de ficar com ela em casa esse ano nao iria pô-la na creche para que tivesse um desenvolvimento mais rápido. Afinal mais rápido para quê???? é deixá-la ser bebé porque tem muito tempo de ser grande!

Eu gosto do resultado!!!

Dia do pai (do meu)


Agora é a minha vez!!!
(olhem p'aquilo...ainda eu falo da minha filha, afinal a moça tem a quem sair)

Parabéns paizinho do meu coraçao, (desculpa se chorava muito) é só para te dizer que é a ti e à mae que eu vou buscar forças para as adversidades da minha vida e gosto muito de ser tua filha. Amo-te daqui até à lua!!!

Dia do pai!

As verdades...

Ora entao vamos lá saber as verdades e as "tangas":

1- Já escrevi semanalmente para uma revista de Economia. VERDADE! Durante uns meses além do meu trabalho normal escrevia semanalmente para a revista MAISVALIA, uma revista de Economia (e se dúvidas houver sobre isto tenho todos as ediçoes em que escrevi, já que só a Lipinha e a Paula acreditaram nesta e acreditaram muito bem)

2- Já fui mandada parar numa operaçao stop, nao apresentei o Livrete do carro e este nao tinha seguro nem inspecçao e nao fui multada. VERDADE! Foi na altura do Natal, eu estava grávida de 7 meses da Flor, decidi ir ao Forúm de Almada e um PSP mandou-me parar. Eu fiquei verde e azul e só lhe apresentei a carta. Ele percebeu logo tudo (viu os selinhos caducados no pára-brisas). Falámos um bocadinho (eu nao tentei dar tangas) e ele ou por bondade, ou por espírito natalício ou por ter medo que eu tivesse ali a criança mandou-me seguir e pediu-me para ir tratar de pôr tudo em ordem no carro (bendito sejas Sr. Policia). Eu com os nervos nem vi o nome do rapaz, mas foi um verdadeiro milagre de Natal. É que para quem nao sabe, aquilo é o que a bófia chama "Um Pleno", ou seja, dá direito a duas multas (250,00€ pela falta de inspecçao + 500€ por falta de seguro e apreensao do veículo na hora). Até hoje aquele policia que eu nao faço ideia de quem seja tem um lugarzinho muito especial no meu coraçao, e, apesar da pai da Flor ser da GNR, desde esse dia que eu gosto mesmo é da PSP (mas schiiiuuu nao digam nada, nao vá ele me multar).

3- Já construi uma jangada e desci um rio com ela.VERDADE! Opá parece IMPOSSIVEL que nenhuma das minhas amigas tenha fé nos meus dotes de construçao de jangadas. É que TODAS, absolutamente TODAS disseram que isto era mentira. Pois bem suas amigas da onça, é verdade verdadeira. Numa empresa onde trabalhei todos os anos faziamos um fim de semana juntos (pago pela empresa) com desportos radicais e coisas assim. Uma das tarefas foi mesmo construir uma jangada e descer rio abaixo. O pior é que abriram a barragem quando estavamos já no rio, em cima das jangadas e ... olhem, nem vos digo nem vos conto, foi um verdadeiro filme. O que deveria ter sido um passeio rio abaixo a velocidade de cruzeiro, a apreciar passarinhos e paisagem parecia uma corrida de Nascar. Posso no entanto adiantar que a minha nao foi ao fundo, por isso até devo ter algum jeito para a coisa.

4 -Frequentei um colégio particular. VERDADE! Apesar dos meus pais serem pobrezinhos fizeram questao de me colocar, a mim e ao meu irmao, num colégio particular todo XPTO até irmos para a preparatória. Sem dúvidas nem falsas modéstias que quando no 5ºano fui para a pública, o nível de conhecimento (e também de educaçao) que eu levava era realmente muito superior aos dos meus colegas, mas socialmente eu sentia-me muito excluída naquela escola. A transiçao da privada para a pública nao foi nada fácil, mas adaptei-me. Agradeço muito aos meus pais pk sei que tiveram a melhor das intençoes (e sabe DEus o esforço que fizeram), mas nao faço ideia de fazer a minha filha passar pelo mesmo, ou sempre pública ou sempre privada. É que se for um bom colégio, como era o meu, nao tem nada a ver uma coisa com outra.

5- Nao gosto de ver televisao no quarto. MENTIRA! Contra tudo o que os profissionais de saúde aconselham eu AMO a minha televisao do quarto, nao consigo dormir sem estar a ver televisao e melhor ainda se for a petiscar um docinho qualquer. Manias!!!

6- Já fiquei fechada dentro de um comboio que tinha uma ameaça de bomba. VERDADE! Foi na Alemanha à noite. O comboio onde eu seguia parou a meio do caminho, o perímetro à volta foi todo evacuado, apareceram dezenas de policias vestidos com fatos verdes de astronauta e caes. Explicaram a situaçao mas impediram a nossa saída (podia ser perigoso abrirem as portas) e pronto lá ficámos fechados durante uma eternidade à espera que ou a bomba explodisse, ou que a encontrassem ou que esta nao existisse. Nunca cheguei a saber qual foi o resultado porque o meu alemao nao é lá essas coisas, e eu queria era pirar-me dali, mas uma coisa é certa aquela coisa nao explodiu.

7- Nao sou nada paciente. VERDADE! Paciência nao é efectivamente uma das minhas virtudes.

8- Já trabalhei em Londres. MENTIRA! Trabalhei na Alemanha mas nunca pus os pés em Londres.

9- Gosto de conduzir a alta velocidade. MENTIRA! Amo conduzir, adoro andar de carro mas, efectivamenta NAO a altas velocidades (ui ka medo).

E pronto, 5 / 7 / 9, ninguém acertou ninguém leva o prémio!! Eu sei minhas queridas que nao era fácil, é que há coisas que parecem mesmo mentira... mas olhem no fundo é como a minha vida, tem dias que parece mesmo mentira!!!

Desafio!!

Já tinha sido desafiada pela minha querida amiga do coraçao Lena e agora juntou-se mais a minha linda Maria José, como sao as minhas duas queridissimas a fazerem o mesmo desafio cá vai:

Tenho de escrever 9 coisas sobre mim, 6 verdadeiras e 3 são mentira.

Depois passar o desafio a 9 amigas. Quem for desafiado por mim terá de indicar no seu blog, as 3 coisas que acham que são as minhas mentiras.

Como a Leninha já disse quais as mentirinhas dela eu acho que as "tangas" da Maria José sao:

5- Nunca fiz directas
7- Detesto viajar
9- A minha lua de mel foi na Républica Dominicana


Agora eu:

1- Já escrevi semanalmente para uma revista de Economia.
2- Já fui mandada parar numa operaçao stop, nao apresentei o Livrete do carro e este nao tinha seguro nem inspecçao e nao fui multada.
3- Já construi uma jangada e desci um rio com ela.
4 -Frequentei um colégio particular.
5- Nao gosto de ver televisao no quarto.
6- Já fiquei fechada dentro de um comboio que tinha uma ameaça de bomba.
7- Nao sou nada paciente
8- Já trabalhei em Londres.
9- Gosto de conduzir a alta velocidade.

Sintam-se desafiadas todas as que ainda nao entraram nesta brincadeira e por favor, aceitando ou nao o desafio atrevam-se todas a acertar nas três "tretas", acho que é fácil... ou se calhar nao.

Sózinha é que nao!

Agora se a deixo sózinha ou simplesmente a deslargo um bocadinho acontece isto:


Nao se preocupem, assim que peguei nela aquele choro parou num nanosegundo. Ai a minha vida!

(hoje o momento kodak nao correu bem)

Que bicho sou...


Você é uma tartaruga!
Este animal é o símbolo da sabedoria. Você sabe melhor do que ninguém que "devagar se vai ao longe" (é melhor fazer tudo com calma e direitinho para não tomar o caminho errado, não é mesmo!?!). Este seu jeito de levar a vida lhe traz uma baita experiência, que poderá ser compartilhada com os outros. A tartaruga sempre carrega muita bagagem nas costas. Lembre-se: você tem a voz do conhecimento. Quando ela recolhe a cabeça, muitos pensam que é covardia, mas na verdade, daí vem todo seu poder de concentração.

É que só podia ser uma tartaruga...kakakakaka!!!

Mas eu acho que isso era antes de ser mae. É que ai à uns tempos ouve uma menina que, por acaso eu nao conhecia de lado nenhum, que teve o desplante de falar mal da minha filha e eu só lhe atirei com um café para cima, levou um chapadao na tromba e para terminar parti-lhe os óculos em dois.

Nem eu própria me reconheci, foi a primeira vez na minha vida que fui violenta com alguém, mas tocaram no nome da minha filha, eu nao sei explicar, eu virei bicho... e nao foi tartaruga. Lamento, eu nao sou nada destas coisas (e olhem que já me fizeram bastante mal na vida) e eu nao tenho orgulho do que fiz, mas se voltasse atrás sei que voltava a fazer igual, nao tenho orgulho mas nao também nao sinto arrependimento. Agora eu pergunto: Isto lá é coisa de tartaruga??? (se calhar eu sou uma tartaruga Ninja)



Para fazer o teste clique aqui

Nao tenho pachorra para tanta tolice...

Para acabar com a conversa porque eu tenho cá pouca paciência para estas coisas (uuuuufff):


Em primeiro lugar nao vou tirar nome nenhum do meu Blog, se nao queres que ninguém saiba o nome da tua filha nao o ponhas no blog, e, que eu saiba nao tens direitos de autor sobre o nome "Briana" por isso eu escrevo-o o numero de vezes que eu quiser. Nao ofendi a tua filha, nem sequer estive perto ou pensei nisso. Ainda está para nascer quem me vai dizer o que devo ou nao escrever no MEU blog.


Em segundo lugar quem veio ao meu blog dizer que o chapéu da minha filha era "piroso" foste tu, eu nao te fui procurar, e pelo que vi pouca gente, ou nenhuma, te procura (acho que se percebe bem porquê).


Em terceiro lugar tenho a certeza que as minhas amigas nao têm curiosidade nenhuma de ir ver quem tu és, quanto mais morrerem por isso. As tuas mensagens já dao uma ideia do que é o teu blog. Eu e as minhas amigas andamos nesta blogosfera, nao para andar atrás de pessoas como tu, temos muito mais que fazer, acredita!!! Temos pouco tempo para alienaçoes, além de que muitas já tiveram a oportunidade de espreitar hoje de manha a pessoa que deixou tao despropositados comentários.


Em quarto lugar solicito que vás alucinar noutros planetas e deixes o meu e da Flor em paz, já vi que és mal educada e sinceramente ainda tens de "comer muito arroz e feijao" para teres conversa para mim.
Falas, falas, falas que me escondo atrás da net mas quem usa o blog para falar mal dos outros blogues e depois cobardemente se privatiza nao sou eu. Portanto falas, falas, falas mas nao dizes nada de jeito, e é que nao tenho mesmo pachorra para tanta tolice junta.
Agora com licença vou mudar a fralda à minha filha que já bem c.... para a tua conversa, e entre a fralda cagada da minha filha e a tua conversa eu prefiro a fralda dela (tem mais conteúdo e cheira menos mal).

Mensagem à "O Pai alien e a Mãe alien "

Eu nao gosto nada destas coisas mas uma vez que te privatizaste antes de me deixares responder aqui fica entao a minha resposta:

1º- Nao disse nada para te ofender, apenas fui sincera contigo em relaçao ao teu blog, à cadeirinha da papa e ao facto de a tua filha andar sempre de ténis, como fizeste questao de ser sincera comigo em relaçao ao chapéu da Flor (nao pediste opiniao mas que eu me lembre, eu também nao).
2º- Disse e repito que tanto me faz que gostes do chapéu ou nao, quem tem de gostar sou eu.
3º- Assim, disse e repito que respeito todas as opinioes e agradeço que sejam sempre as mais sinceras possiveis, mas naquele post eu nao pedi opinioes sobre o chapéu e nao nego que me caíu mal, nao por eu adorar de paixao o chapéu (que adoro mesmo) mas porque foi oferecido por uma amiga.

Olha "Alien" eu visito dezenas de blogs por dia e nunca me passaria pela cabeça passar em qualquer um deles e fazer questao de dizer a alguém que a/o filha/o tinham fosse o que fosse "piroso", principalmente se nao me o perguntassem. Mas acho que isto é uma questao de bom senso.

Cada pessoa tem o seu gosto, e óbvio gostam de vestir os seus filhos consoante o mesmo. Assim, logo em 1º lugar os gostos devem de ser respeitados, em 2º lugar porque em muitas situaçoes nao sabemos se as crianças têm determinados items, por gosto dos pais ou por necessidade dos mesmos (como por exemplo a cadeirinha da papa que tu tens que é pirosa, mas que te deram em segunda mao), nao devemos comentar os mesmos.

Muito me espantou te teres privatizado porque fui bastante educada contigo, ao contrário do que tu fizeste que nem me deste tempo de te ir responder. Mas também a facilidade com que o privatizaste deve-se concerteza a fazeres posts pouco simpáticos dos blogues que visitas, mais uma vez a dares opinioes que nao te pedem, e, talvez por isso o único comentário que lá tinhas em milhentos posts era, unica e exclusivamente, o meu.

Por mim podes visitar a minha"casa" quando queiras, e se quiseres dizer que X ou Y da Flor é piroso estás à vontade, porque eu ponho à minha filha aquilo que eu gosto e nao conto com a aprovaçao de ninguém. Quem gosta ainda bem que gosta, quem nao gosta nao me tira o sono por isso.

Nao gostaste que eu dissesse que o teu blog é um bocadinho "alienado" demais porque escreves um texto em fundo preto com cada palavra de cada côr fazendo com que seja um atrofio de se conseguir ler. Nao gostaste que eu dissesse que a Briana é linda e o nome também, mas a cadeira da papa dela é pirosa, e nao gostaste que eu dissesse que nao gostava de ver a míuda sempre de ténis. Pois é, foi falta de bom senso da minha parte mas serviu só para provares um bocadinho do que me deste a comer, mas afinal nao gostaste e privatizaste! (acho que afinal a pontaria até nem foi má)

Opá hoje atura-a tu...

A Flor está a passar uma fase de me deixar os cabelinhos todos no ar (Oh valha-me Deus!!!)

O que aconteceu áquela menina tao sossegadinha que ia comigo para todo o lado, distribuia sorrisos a tudo o que mexe-se e se sentava na sala a brincar com os seus brinquedos enquanto a mae limpava a casa????

Agora nao quer ir ao colo de ninguém (sem ser da mae ou do pai), quando lhe pegam berra como se o mundo fosse acabar. Em casa nao posso sair de ao pé dela que inicia o ritual da gritaria, ou entao anda atrás de mim a esganiçar-se toda ou entao agarra-se à minha perna a chorar e nao deslarga. A simples tarefa de mudar uma fralda tornou-se quase missao impossível, a miúda foge-me de rabo ao léu e nao quer porque nao quer que eu lhe ponha a fralda. Para a vestir é melhor nem falar... e por ai adiante.

Eu nao sei, mas se alguém a vir passar a antiga Florzinha digam-lhe para voltar para casa se faz favor.

Agora até a ama, que me dizia que a Flor era a mais bem comportadinha "lá do bairro", me diz que ela está totalmente diferente: "tá espevitada" diz-me ela.

No sábado nao estava bem em casa, nao estava bem na rua, nao estava bem no shopping, nao estava bem no supermercado, nao estava bem no automóvel, nao estava bem no carrinho, nao estava bem no colo, nao estava bem no chao....AAAAAAAIIIIIIIIIIIIIIIII, mas o ké isto????

Eu cheguei à noite com o cérebro caramelizado.

No Domingo fomos almoçar rodizio de peixe assado com o papá à beira mar(nham, nham). Para vos ser sincera eu ainda ia com os nervos em franja do dia anterior. Pois a moça estava um bocadinho (mas só um bocadinho) mais calma que no dia anterior, talvez efeitos de estar com o papá, mas portou-se mal como tudo na mesma. Nao quis comer, atirava tudo para o chao, descalçava-se, tirava a fita do cabelo, eu sei lá o que ela fazia... eu decidi deixar a piolha por conta do pai porque já nem o ar do mar, nem a bela da sangria me davam pachorra: "opá hoje atura-a tu que eu nao estou capaz!".

Ele como nao está nem 24horas nem 48 horas seguidinhas com ela como eu, lá foi tomando conta da moça com a paciência que eu já nao tinha.


Pois pois, o pai é que é amigo nao é filha???(INGRAAAATA)
Esse sorrisinho malandro já diz tudo!
Isso filhoca, tá muuuito calor tens de beber muita águinha.

Mas também nao quis comer nao comeu, pronto é que nem tive para me chatear muito. Depois de largarmos o pai, fomos as duas para casa. Enfiei-lhe um biberon de leite goela a baixo e ela dormiu que nem uma anjinha durante duas horas (e nao dormiu mais porque eu a fui acordar). Foram duas horas que me souberam a pato. Esparrelei-me no sofá a comer um Magnum e a ver as minhas séries favoritas (que bem que me soube).

Hoje ainda tou meia neura, é que nao estava nada habituada a esta personagem que agora toma conta da minha filha. Mas pronto é tudo uma questao de me adaptar às birras e fitas da madame.

Mas olhem que acho que nao fui só eu que acordei com a neura, olhem bem para a "gajita" hoje logo pela manha no momento kodak do dia?

Vai lá vai!!! Acho que andas possuída, andas andas!

Hello Kitty a fugir à bófia...

Segredo: o pai da Flor recebeu um cartao de crédito do seu Banco, que nem pediu(isto agora anda assim). Eu que sou uma anti-créditos dei-lhe um raspanete quando ele pensou em usar o dito. Dei-lhe um sermao que só devemos gastar o que temos, que se ele queria endireitar a vida dele nao se podia pôr nestas coisas...enfim, eu diria mesmo que levou quase que um esgalhao. Resultado: confisquei o dito cartao e respectivo código pessoal.

Ontem a amiga Maria José (apesar da distância é a amigalhaça das compras, compartilhamos todas as nossas comprinhas para as nossas ninas) disse-me que tinha comprado em determinada loja (espero que ela nao se importe que eu me chibe) um bikini com um chapéu da Hello Kitty para a a Sofia.

AAAAAÍ O QUE ELA ME FOI DIZER...

À hora de almoço nao me aguentei, rumei ao Centro Comercial mais próximo que tem essa dita loja e lá fui eu ver se haviam tais items da Kitty. Haviam xim xenhori, e eram lindos tal como me haviam sido descritos, peguei neles (porque já só havia um chapéu) e andei a dar voltas à loja a morder o lábio a ver se nao fazia asneirada...mas nao deu. Quando dei conta já a asneirada estava feita.

Nao, nao estou a falar de me armar em macaca de imitaçao da Maria José porque nós as duas nao nos importamos nada de comprar modelitos iguais às nossas meninas. A asneira foi que utilizei o tal cartao de crédito confiscado após um esgalhao. Schiiiiiiiiiuuu nao digam a ninguém, mas FOI PRECISO TER LATA NAO? (eu diria mais que foi preciso um bidon).

Mas prontos, o que estava feito estava feito, tive uma boa justificaçao: A Hello Kitty na Flor, e mais a mais eu agora quando receber vou ao banco e reponho antes de dia 7 e nem sequer se paga juros, nao foi nenhuma fortuna e ele nem precisa ficar a saber, pensava eu enquanto me dirigia para o carro.

A parte dele nao ficar a saber era a mais importante. Nao porque ele ficasse chateado com a compra porque lá nisso ele é um maos largas, ainda mais para a filha (ele é muito bonzinho nesse aspecto, desde que tenha nao se nega a nada)... o meu problema era efectivamente a minha credebilidade nos futuros esgalhoes que lhe quero ou tenha de dar.

Mas o ele nao ficar a saber nao foi tarefa fácil. É que eu perdi muito tempo a andar às voltas a morder o lábio na loja e precisava chegar a horas ao trabalho, logo o caminho mais perto era passar na localidade onde ele trabalha, e, para meu azar era ele que estava de piquete. Ora sendo ele da GNR, foi literalmente uma fuga à bofia.

Se ele me visse ali ia logo querer saber o que eu andava a fazer tao distante do meu trabalho, eu como nao tenho jeito nenhum para mentiras ia-me chibar toda e lá se ia a minha credebilidade.

Entao lá vim eu e a Hello Kitty no carro, encostadinhas aos carros da frente (nao fosse ele vir em sentido contrário), na derradeira tentativa de nao ser apanhada pelo bófia a quem eu tinha desviado dinheiro.

Conseguimos!!! Mas foi um "ai Jasus" até chegar ao destino.

Enfim agora resta-me esperar que ele nao leia o blog.

Opá se pensarem bem a culpa disto tudo nem foi minha, eu acho que foi da Maria José.

Falando em Maria José (a culpada disto tudo), aqui ficam umas fotos tiradinhas hoje logo pela manha antes de deixar a Flor na ama, onde esta exibe orgulhosamente o seu chapéu oferecido pela culpada disto tudo (a Maria José portanto) na última vez que estivemos em Coimbra.



Hello Kitty da cabeça ao pés! (Achei que depois do que passei ontem se adequava vesti-la assim hoje). A restante indumentária foi oferecida pela madrinha no aniversário.

Adenda: nao, a miuda nao viaja no banco da frente...foi só para o momento Kodak.

E depois do terror...

Uma noite simplesmente maravilhosa e bem passada, sem que ela desse um "ui", foi mesmo dormir "non-stop". Uma noite como eu, e a Flor, já nao tinhamos uma à semanas.
E a boa disposiçao logo pela manhanzinha nota-se na "gajinha"...

É bom dormir bem nao é filhoca???

E porque um azar nunca vem só...

Esqueci-me de contar, ainda de ontem (mas no inicio da noite):

Take1: Acabou de tomar banho, quando se ia a pôr-lhe a fralda fugiu a gatinhar pelo sofá e foi-se pôr no canto deste, de pé toda nua. Numa fracçao de segundo começam os parabéns do Canal Panda, nao conseguiu esconder a emoçao começa a bater palminhas e ...a mijar-se toda...o que vale é que os ditos sofás sao de pele.

Take 2: Hora da caminha! Adormece na cama com a mae e depois vai para a sua. Deito-a debaixo dos cobertores 50 vezes, 50 vezes sai de lá. Poe-se em pé na cabeceira, puxa-me os cabelos, brinca com as almofadas, rouba o comando da TVCabo, tudo menos dormir. Quando a tento apanhar para a pôr pela 51ª vez dentro da cama, rebola para fugir. Ontem tanto rebolou que pimba no meio do chao....espalhada ao comprido, literalmente (o que vale é que a cama é baixinha e o chao é madeira flutuante, nao doi tanto). Lá fui eu a rebolar também, para apanhá-la mais depressa. Chorou um cadito, 2 segundos depois já andava a fazer o mesmo....


Noite de terror!


Foi assim a noite que passou!

Na semana passada a Flor começou a passar mal as noites, acordava meio chorosa e eu pensava que era dentes ou alguma má disposiçao, porque nickles de febre ou qualquer outro sintoma e durante o dia andava óptima. Faz hoje uma semana, quando a fui pôr à ama, verifico que está com sangue num ouvido e liquido fedorento no outro. À tarde quando saí do trabalho fui logo com ela ao Hospital onde foi vista por um otorrino e lhe foi diagnosticada uma otite viral. Andei a fazer o tratamento prescrito (umas gotas, um creme e um anti-histamínico), a miúda nunca deu sinal de dores, apenas se coçava como se fosse um cao sarnento no pior estado.

A comichao era da otite claro, mas também era do eczema que ela tem na cabeça (que agora se espalhou pela cabeça toda), lembram-se de vos ter falado da crosta que ela tinha no centro da cabeça que eu pensava ser crosta láctea? pois bem é um eczema e aquilo dá comichao que se farta.

Pois na segunda feira foi dia de finalizar o tratamento aos ouvidos, mas como o eczema alastrou eu fui novamente ao médico, desta feita ao centro de saude, que andava a acompanhar o maldito e pedi-lhe para ver tembém os ouvidos, visto que ela no caminho para lá tinha feito sangue na orelha a coçar-se (e tinha as unhas cortadas rentes).

Resultado: Loçao com cortizona para espalhar na cabeça e cortizona em gotas para tomar, a juntar ao creme com cortizona que ela já mete no corpo. A isto minhas amigas se chama ECZEMA ATÓPICO.

Ela sofre deste mal e foi sempre a única maleita da minha filhota até hoje (é mesmo atópica). Graças a Deus, tem quase 14 meses e nunca necessitou de um antibiótico ou anti-inflamatório (sempre muito saudávelzinha). Mas na pele tem sido uma desgraçada, e para piorar os tratamentos dos cremes e afins sao caríssimos (de uma pessoa se atirar da ponte) sendo que muitos nem têm comparticipaçao (às vezes quando vou comprar os ditos até me ri-o, que é para nao chorar). É assim um gastar dinheiro que nao vos digo nem vos conto.

Esta noite, estava tudo muito sossegado lá em casa, de madrugada começa novamente a choramingar. Derrepente começa numa gritaria como eu NUNCA, mas é que NUNQUINHA tinha visto a minha filha a fazer. A miuda agarrava-se à cabeça e gritava o mais que conseguia, nem queria que eu lhe tocasse. Sinceramente...entrei em pânico.

Às vezes conseguia pegar nela e ela encostava a cabeça ao meu peito a soluçar, mas passados uns segundos lá começava a gritaria. Peguei no frasco do Benuron enchi a colher quase até vazar para fora e com alguma dificuldade enfie-o na boca dela (supositórios estavam fora de questao porque a minha filha contorcia-se todinha). Entendi, pelos intervalos de segundos que ela parava de chorar, que só podia ser dos ouvidos e já desesperada meti-lhe nos ouvidos as gotas do tratamento que ela tinha feito na semana passada.

Ali já nao podia fazer mais nada, apenas segurá-la contra o meu peito, confortá-la e mostrar-lhe que a mama estava ali com ela, ao mesmo tempo que continha as minhas lágrimas, os meus gritos e o meu desespero. Era a minha filha que estava a sofrer como eu nunca tinha visto, e eu nao me podia ir abaixo, nao queria que ela visse o meu desespero, era melhor sentir uma mae que estava segura.

Mas qual quê, eu nao estava nada segura, segura eu só estava pela cama que nao me deixava cair no chao, de resto só pensava: "ai ai, o que é que eu faço", "tenho de levá-la ao hospital.", "como a levo ao hospital assim?", "ai ai, ai ai, deixa lá ver", "ai ai, ai ai..." mas com o passar dos minutos, os intervalos entre o choro e os gritos foram diminuindo até ficarem só os soluços do choro. As dores acalmaram, a Flor também e depois de uns longos gemidos dormiu.

Eu deitei-a e deitei-me também. Eu tremia que nem varas verdes, mas lá adormeci. A menina passou o resto da noite em verdadeiro contorcionismo, mas sempre a dormir. De manha esteve sempre bem disposta (mas só depois, é claro, daquele 1º mau humor matinal natural dela de todos os dias).

Para prevenir dei-lhe uma colher de benuron antes de sairmos de casa e lá fomos nós para a ama. Foi contentíssima o caminho todo, como se nada se tivesse passado. Eu também ,apesar de tudo, estou aqui bem disposta. Se a minha filha que sofreu na primeira pessoa o terror das dores enfrenta o día com sorrisos e gargalhadas, quem sou eu para me ir abaixo.

Logo, mesmo que ela continue bem, vou passar com ela de novo no Centro de Saúde para lhe verem os ouvidos. O médico tinha-me dito que a cortizona em gotas que lhe estava a receitar para o eczema, consequentemente, lhe ia fazer bem tb aos ouvidos, caso o outro tratamento nao tivesse resultado na totalidade. Sei que comecei apenas ontem a dar-lhe a dita, mas fogo...nao quero voltar a ver a minha menina a sofrer daquela maneira. Que terror!


Hoje é dia de....IRS


Pois e lá vamos nós a contas, ena, ena (entenda-se por sarcasmos)!!!

Para quem como eu trabalha por conta de outrem e faz a entrega do dito pela internet, hoje nao é dia de euromilhoes, mas sim de IRS.

Para quem como eu, poupa aqui e ali e mais acolá e mais ali também, e, para quem nao poupa mas gosta de andar sempre a par do que pode deduzir no IRS, fiquem a saber que existem já para 2009 algumas modificaçoes aos valores de dedução à colecta que se encontram sobretudo na educação, na saúde, nas energias renováveis e seguros de vida e de doença (tudo coisas que nos interessa portanto).

Nas despesas de saúde mantém-se a dedução de 30% sem limite das despesas de saúde sujeitas a IVA com taxa de 5%. Nas despesas com IVA à taxa normal, o limite sobe de 62 para 64 euros ou seja mais 2,5% do valor.

Na educação a dedução mantém-se nos 30%, mas o limite a deduzir aumenta de 681,60 para 720,00 euros. Assim como na habitação a dedução mantém-se nos 30% com o limite de 586,00 euros, mas atençao que foi alargada aos imóveis situados noutros Estados Membros da União Europeia.

Nas energias renováveis o limite com despesas de aquisição sobe para 796,00 euros, mas a percentagem da despesa a deduzir continua nos 30%.

Nos seguros de vida e de acidentes pessoais, a dedução à colecta continua a ser de 25%, mas agora com um limite de 64 euros.

Ahahaha, o meu coleguinha aqui do trabalho ouve-me a falar e diz: "Nao há dúvida que os melhores Economistas do mundo sao as mulheres, maes e donas de casa". Ah pois é.... bebé!

Sol...


Mas ka lindo sol que hoje se nos apresenta (pelo que ouvi é para manter, pelo menos, até quinta-feira)!

Aaaai, mas ao contrário da Paulinha...a mim continua a custar-me trabalhar. Bem, mas até me sair o euromilhoes tenho de o fazer, certinho direitinho.

Mas que sabe bem este solinho ai isso sabe...humm tao bom!

Vingaça da mulherada!!!

Porque hoje é o nosso dia e depois de tantos e-mails machistas pela Net ... Eis a vingança das mulheres...

CORAÇÃO DE MULHER É IGUAL CIRCO: Sempre tem lugar para mais um palhaço ...

O QUE SE DEVE DAR A UM HOMEM QUE PENSA QUE TEM TUDO ? Uma mulher para ensiná-lo como funciona !

POR QUE OS HOMENS QUEREM CASAR COM VIRGENS ? Porque eles não suportam críticas !
POR QUE DEUS CRIOU O HOMEM ? Porque vibradores nao conseguem abrir frascos

O QUE TÊM EM COMUM O CLITÓRIS , OS ANIVERSÁRIOS E A SANITA? Os homens nunca acertam!

POR QUE MUITAS MULHERES FINGEM O ORGASMO ? Porque muitos homens fingem as preliminares.

POR QUE APENAS 10% DOS HOMENS VÃO PARA O CÉU ? Porque se todos fossem, seria o inferno !

QUAL A DIFERENÇA ENTRE HOMENS E PORCOS ? Porcos não viram homens quando bebem ...

QUAL A DIFERENÇA ENTRE UM HOMEM E UM PAPAGAIO? Você pode ensinar o papagaio a falar cordialmente.

POR QUE OS HOMENS NA CAMA SÃO COMO COMIDA DE MICROONDAS? 30 segundos e já está pronto !

QUAL O NOME DA DOENÇA QUE PARALISA AS MULHERES DA CINTURA PRA BAIXO ? Casamento.

O QUE ACONTECEU À MULHER QUE CONSEGUIU ENTENDER OS HOMENS ? Ela morreu de tanto rir e não teve tempo de contar a ninguém.

POR QUE É QUE OS HOMENS TÊM A CONSCIÊNCIA LIMPA ? Porque nunca a usam ...

POR QUE OS HOMENS GOSTAM DE MULHERES INTELIGENTES ? Porque os opostos se atraem !

QUAL O LIVRO MAIS FINO DO MUNDO ? ' Tudo o que os homens sabem sobre as mulheres.'

QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS HOMENS E AS FRUTAS ? Um dia, as frutas amadurecem ...

POR QUE AS PILHAS SÃO MELHORES QUE OS HOMENS ? Porque elas têm pelo menos um lado positivo ...

QUAL A SEMELHANÇA ENTRE O HOMEM E O CARACOL ? Ambos se arrastam, tem chifres, e acreditam que a 'casa' é deles !!!

POR QUE UM HOMEM NÃO PODE TER UM BOM CARÁTER E SER INTELIGENTE AO MESMO TEMPO ? Porque assim seria mulher !!!

POR QUE SÃO NECESSÁRIOS MILHÕES DE ESPERMATOZÓIDES PARA FERTILIZAR UM ÚNICO OVULO ? Porque os espermatozóides são masculinos e se negam a perguntar o caminho!!!

QUANDO É QUE UM HOMEM PERDE 90% DE SUA INTELIGÊNCIA ? Quando fica viúvo !

Ora tomem....

A hora do retorno.

Foi esta manha, ai pois foi! Foi esta manha que tive direito a um retorno maravilhoso da minha pikena.

Estou sempre a enchê-la de beijos, literalmente. Eu já sou beijoqueira por natureza com a minha filha entao vai lá vai.

Hoje iamos a entrar no elevador e eu disse "dá beeeijiiiinho ààà mae", e nao é que ela encosta a boca na minha cara e abre a boca e fecha, um beijo à maneira dela portanto. Voltei a pedir a ver se tinha sido algum tipo de desiquilibrio mas nao, ela voltou a fazer o mesmo. Assim hoje recebi uns beijos de retorno da minha filha e o meu dia ficou mais colorido. Agora é oficial, a Flor já sabe dar beijos...kabooomm.

O resto é só areia...

"Um professor, diante da sua turma,sem dizer uma só palavra, pegou num frasco de vidro, grande e vazio,e echeu-o de pedras grandes.De seguida perguntou aos seus alunos se o frasco estava cheio, ao que todos eles responderam que sim. O professor entao pegou numa caixa de clips e deitou-os lá para dentro, sendo que estes foram ocupando os espaços deixados pelas pedras maiores. Olhando para a turma, o professor pergunta novamente se o frasco estava cheio recebendo a mesma resposta afirmativa que anteriormente.
Em seguida, pegou numa caixa de areia e esvaziou-a para dentro do frasco de vidro. A areia preencheu os espaços vazios que ainda restavam e ele perguntou mais uma vez aos alunos, que responderam que a jarra, agora, estava cheia."

O Professor disse "eu quero que vocês entendam que isto simboliza a vossa vida... As pedras são as coisas importantes: a vossa família, os vossos amigos, a vossa saúde, os vossos filhos, coisas que preenchem a vossa vida. Os clips são as outras coisas que importam: o vosso emprego, a vossa casa, o vosso carro... A areia representa o resto: as coisas pequenas. Se vocês colocarem a areia primeiro no vidro, não haverá mais espaço para as pedras e os clips. O mesmo vale para a vossa vida. Cuidem das pedras primeiro. Das coisas que realmente importam. Estabeleçam as vossas prioridades. O resto é só areia!"

Dito isto pegou no frasco e despejou uma chávena com café para dentro deste, tendo a areia absorvido todo o líquido, e disse "isto é para vos mostrar que não importa o quão ocupada esteja a vossa vida, haverá sempre um lugar para tomar café com os amigos..."

Para voçês amigas!!!

Coisa estranha...


A Flor andava com aquilo que eu pensava ser uma crosta lactea no centro da sua cabecinha. Andei a pôr o creme Ducray e aquilo acabou por cair, mas foi pior a emenda que o soneto. Começou a sair uma aguadilha mal cheirosa que, mesmo com betadine, teimava em nao secar. Na segunda feira depois do trabalho pus-me à estrada e fui com ela ao Centro de Saude (ela ia com o penteado que vocês vêm na foto). Quem estava de serviço, felizmente, era o meu médico de familia (aquele muito querido, muito querido que sempre me dá tratamento VIP). Quando cheguei ao consultório diz-me ele: "Entao o que se passa com a Flor?" e eu disse: "Ó Doutor a Flor tem uma coisa estranha na cabeça..." ele interrompeu-me e disse: "Uma coisa estranha? nao é nada estranha é só um elástico"....LOLOLOLOLOLOL (este Dr. é cá dos meus, mas disso eu já nao tinha dúvidas.)

A obra de arte!



O prometido é devido e aqui está o resultado da minha obra de arte no cabelo da Flor (lamentávelmente ainda nao carreguei a bateria da minha máquina fotográfica e tive de tirar as fotos com o telemóvel, por isso a qualidade nao tá lá essas coisas mas dá para perceber).

Cortei-lhe o cabelo...

Ah pois cortei!!! Cortei euzinha o cabelo atrás à Flor (nao tenho fotos do momento porque nao havia mais ninguém em casa), mas amanha trago fotos do resultado. E nao é que ficou impecável? ou quase pelo menos.

Epá chateei-me, a miuda tinha umas pontas atrás que nao se pareciam com nada. Umas grandes, outras pequenas, penteada até disfarçava, mas qual é a miúda de 13 meses que consegue ficar penteada atrás muito tempo. Enfim, eu nao fui de modos, enchi-me de coragem e enquanto ela brincava com as tampinhas das garrafas na banheira cheia de àgua (nao vos disse já que a pikena tem queda para a reciclagem?!) , euzinha do lado de fora fui cortando até ficar direitinho (o mais possível pelo menos). Ficou um espectáculo, tou orgulhosa de mim própria!

O senao foi que a primeira mecha de cabelo que lhe cortei foi directa para dentro de àgua nao deu para guardar, mas também aquilo tinha p'raí um centimetro se tanto, como é que eu ia guardar aquilo. Olhem fica para quando ela cortar a franjola, mas essa nao corto por enquanto até porque já dá para fazer um carrapitinho em cima (ena, ena). Enfim, tou feita uma artista...

Todo o terreno...

Olhem que me desculpem as mamas que sao possuidoras, tal como eu, do 4 em 1 da Chicco, é lindo é sim senhora, tem buzina e "toques polifónicos", mas se querem saber, esperta esperta foi a MJ, que comprou este triciclo à Sofia. Isto sim foi um bom investimento. Este anda na estrada, na relva, na madeira, ou seja, em tudo quanto é chao...

Este fim de semana, inspirada pela Sofia decidi ir ao mercadito, comprar alface, no quarteirao seguinte à minha casa com a Flor e levei-a no seu 4 em 1. Pensei cá para mim: "fogo gastei uma pipa nisto e nao tarda a miúda nao se goza nada disto". Qual quê....que viagem mais atribuladinha. Andar nos passeios com aquilo é impensável. Na estrada, além de perigoso aquela coisa parece que se desmancha toda... a Flor lá ia satisfeita da vida, a buzinar e tal...mas eu cheguei a casa a dizer mal da minha vida. O volante vira para um lado, eu quero andar para o outro... resumindo, é lindo xim xinhora mas para mim uma compra inteligente tinha sido esta que vocês vêm na foto montada por uma loiraça de óculos escuros.


Este é giro, a miúda engraça com ele mas definitivamente nao é a compra mais inteligente, a nao ser que se queira andar só em casa... o que nao é o meu caso. Eu queria um assim que desse para andar em todo o terreno, sem se escangalhar todo.

Ah, e tem outro senao. Para mim nao faz diferença porque sou meia leka, mas para quem é alto a pega para empurrar o dito carro fica muito em baixo. É lindo, mas nao foi efectivamente o meu melhor investimento...bem, mas agora é escangalhá-lo (entenda-se por usá-lo) para poder comprar outro... um dia. Burrice ou burrada?

Foi de Joaninha (RARA)!

VOLTEI!!!! Devido ao problema das nevralgias, na segunda feira passada vi-me obrigada a ir novamente ao médico. Também, depois daquela última consulta relâmpago outra coisa nao seria de esperar, os medicamentos nao estavam a fazer efeito. Desta vez estava lá o meu médico de familia e tive direito a tratamento VIP (comparado com o outro). O médico (querido, lindo do meu coraçao) viu a minha boquinha toda, perguntou-me tudo e mais alguma coisa e saí de lá medicada (desta vez bem medicada), com uma credencial para um rx à boca e ainda trouxe uma baixa médica. Ele há médicos e médicos, pois entao!!! Tá entao explicada a minha ausência.

Já passei nos vossos cantinhos (muito à pressa porque o trabalho, como devem calcular é mais que muito), mas ainda passarei em todos novamente, mas com mais tempo.

Para já vim dizer que a viagem a Madrid correu bem (os avioes nao caíram logo correu bem né?), mas depois ponho um post com as aventuras por terras de nuestros hermanos.

No sábado foi o melhor, como sabem fui com a Flor e o pai da Flor ter com a Maria José, a Sofia e o Nelson. Foi tao bom, mas soube a pouco.

A Flor foi mascarada e nao tava nos seus dias, mas até nem se portou muito mal. Estava calor e o fato de Joaninha era um cadito quente. Nao sei se repararam mas era uma "Joaninha Rara"(nao lhe arranjei collants pretos...ficou uma joaninha de perna encarnada).

O encontro foi óptimo, a MJ era o que eu já esperava...um encanto, a Sofia idem idem se bem que confesso a loira e a morena (as pekenitas) nao morreram logo de amores uma pela outra. A MJ ofereceu um chapeu igual ao da Sofia à Flor e a Sofia ficou a pensar que era o dela entao vai de tirar o da Flor, sempre que o punhamos na cabeça da Flor... por fim lá conseguimos fazer entender que haviam dois... mas desde aí que a Sofia ficou desconfiada da "joaninha rara"... pudera o chapéu é tao giro e a míuda nao queria ficar sem ele, mas já vi muito boas amizades começarem assim.

Olhem, eu perdi a cabeça! Armei-me em lambona e comi um super gelado (era mesmo impossivel resistir), má onda foi que fui a única a comer... eu ainda ofereci mas eles só para me fazerem sentir mal (assim tipo LAMBONA mesmo) nao aceitaram (ainda bem que nao tirarm fotos), quem nao se fez rogada foi a Flor e a Sofia que lá me foram ajudando a dar cabo daquele monstro.

A linda Sofia (que ela é muito linda mesmo) só quer andar no seu triciclo, e o Nelson que tem uma paciência de santo (aquela que todos os pais deveriam ter) lá andava com ela, incansável, de um lado para o outro (acho que se está a fazer ao piso para convencer a MJ a fazerem já outro/a pimpolho/a) LOL.

E assim se passou uma tarde de sábado de Carnaval com uns amigos que espero que sejam para sempre. Na certeza que quando voltar ao Norte combinamos outro cafézinho...(no meu caso geladinho... ou geladao).

Aproveito para felicitá-los do batizado da Sofia que vai ser dia 17 de Maio...tá quase.

Deixo-vos mais algumas fotos do "evento" (algumas "gamadas" à MJ porque fiquei sem bateria na minha máquina quando as estava a passar para o PC, mas tenho a certeza que ela nao se importa nada).