Os 9 meses da Flor!!!

Ora aí está o que é!!!! 9 meses já lá vao (desde dia 24, ando um bocado atrasada, mas nada como partilhar as conquistas da minha Flor).

  • Escusado será dizer que está cada dia maaaiiiisss linda. (adiante)
  • Já bate palminhas quando lhe pedimos. (com perfeiçao e precisao)
  • No dia 11 calçou os seus primeiros sapatinhos a sério. (primeira coisa que fez, foi mete-los na boca e lambê-los... enfim...).
  • Já diz papá (ordinarona e ingrata...mas eu amo-te na mesma)
  • Já se aguenta sentada sozinha, já agarra em dois brinquedos (ou mais) um em cada mao ao mesmo tempo e já se agarra às grades da cama a fazer força para se levantar (tenho de pôr o colchao no nível mais a baixo senao qualquer dia é trambolhao certo).
  • Já gatinha, mas só para trás. (vá-se lá perceber, pior é ela nao tem retrovisores e vai na volta enfia-se debaixo da cama... pois)
  • Dentinhos nem vê-los (onde andam os ratinhos filha?), mas tem um sorriso Liiiiiiinnndoooo.
  • Adora crianças e parte-se a rir com qualquer baixinho(a) que se meta com ela.
  • já faz "bbrrrrrrrrrrr....." (graças a Deus ainda nao descobriu o efeito que isso pode fazer com a sopa na boca.)
  • Vai tudo à boca, sem excepçao. (TUDO o que apanha....boca)
  • É fascinada por luzes, eu diria mesmo loucura total. Acende-se uma luz e é uma festa. Fica que tempos a contemplar os candeeiros acesos (tou para ver quando tivermos a nossa árvore de natal... uiiii).
  • Odeia vestir muita roupa e destapa-se toda à noite (ai, ai, ai)
E pronto, assim de repente axo que está tudo. Sao os nove meses da minha fofuxa, da luz do meu dia, da estrela da minha noite, do ar que eu respiro e por quem eu suspiro.

Recomeço!!!



Depois de apelar à proximidade, heis que senao... desaproximei-me, mas foi sem intençao.

A moral nao era muita para escrever, e o que senti e passei nos últimos meses nao fazia sentido fazer parte deste cantinho que pertence à Flor.


Mas tenho novidades que quero partilhar. Vou recomeçar!!

Encontrei uma casinha, que posso pagar, só para mim e para a minha princesa. É verdade, temos um quarto para cada uma, uma casa de banho enorme, uma sala pekenita mas dá para o gasto e enfim, a partir de agora vai ser o nosso cantinho. As mudanças estao a dar cabo de mim, mas pouco a pouco cada divisao vai ficando arranjada.


A separaçao, doí, moí, custa e corrói, mas é altura de virar a página. Era inevitável. Agora é pedir a Deus que me acompanhe nesta viagem que é a vida, me ajude a ultrapassar as dificuldades e virar-me para os amigos, para os bons amigos que tanto apoio me têm dado. Apesar de todo mal e sofrimento que me fez passar o papá da minha também me ajudou muito nesta mudança, financeiramente foi um back-up importante, e estamos a tentar manter a amizade.